Você ainda não adicionou produtos ao carrinho

Oferta
Imagem do produto

Cidadania, Biodiversidade e Identidade Cultural na Reserva Indígena do Guarita

Autor(es): Darcísio Corrêa , Janassana I. A. de Oliveira , Marcelo L. dos Santos , Raquel F. Lopes Sparemberger

Áreas de Conhecimento (CNPQ):
Coleção:
Assuntos:
ISBN: 978-85-7429-616-6. Ano: 2007. Nº de páginas: 144.

R$ 24,00 R$ 7,64


Os índios foram os primeiros habitantes do Brasil. Com a chegada dos portugueses e espanhóis na América, entretanto, os índios foram massacrados, escravizados e explorados, perdendo paulatinamente a sua identidade cultural e seu habitat natural. Devido aos constantes massacres sofridos, os índios tiveram de se refugiar em áreas ainda não exploradas pelo homem branco. Com o decorrer dos anos e com o processo de colonização do Sul do país pelos europeus, os índios perderam ainda mais espaço. No século XIX emerge pela primeira vez a preocupação em tratar o índio com humanidade, pois até então, para fins práticos, eles se subdividiram em bravos, domésticos ou mansos. Aos poucos essa classificação, fruto do colonialismo, vai sendo deixada de lado, aparecendo, a passos lentos, as primeiras preocupações com a necessidade de uma política indigenista. A sobrevivência das pluralidades étnicas no mundo atual está seriamente ameaçada pelo fenômeno da globalização. Em um mundo predominantemente padronizado e homogeneizado, as diferenças tendem a desaparecer. Aqueles que ainda não se inseriram nesse processo de uniformização da sociedade planetária estão tecnicamente fadados à extinção. É nesse contexto de perda das raízes socioculturais e das próprias condições econômicas de sobrevivência em termos de direitos de cidadania que se situam os povos indígenas.

Da escrita aos olhos de quem lê

Rua do Comércio, 3000 Bairro Universitário, Ijuí-RS
98700-000

(55) 3332-0217 3332-0222
editorapedidos@unijui.edu.br

Formasde pagamento

Formas de pagamento